A definição e o gerenciamento de metas podem parecer desnecessários para empresas que não acreditam em seu valor ou para aquelas que não tiveram resultados significativos ao executá-los. De acordo com o livro Organização Orientada para Estratégia*, baseado nos dados de 200 empresas, apenas 7% dos colaboradores entendem as estratégias de negócio da empresa e o que é esperado deles para a atingir os objetivos da organização. Ou seja, nem sempre os objetivos da empresa estão alinhados as metas individuais dos colaboradores. Com isso, a dificuldade de alinhar metas acaba influenciando diretamente nos resultados das empresas. Veja a seguir os benefícios da gestão de metas alinhadas aos objetivos da empresa e porque é uma estratégia essencial para melhorar os resultados da sua empresa!

Crescimento da margem de lucro da empresa

Quando os funcionários compreendem quais são os seus objetivos e como eles se relacionam com os da empresa, eles buscam maneiras mais eficientes de executar o seu trabalho e aumentam a sua produtividade. Por sua vez, uma empresa mais produtiva possibilita aumentar naturalmente a sua margem de lucro. Além disso, quando a empresa inteira está engajada e trabalhando para as mesmas finalidades, a probabilidade de atingir os seus objetivos é muito maior. Por isso, é importante que sua empresa desenvolva uma estrutura de gestão de metas que mantenha o engajamento dos colaboradores, seja possível de visualizá-las e acompanhá-las em todos os níveis, possibilite o trabalho em equipe e o senso de responsabilidade ao desdobrar metas de um funcionário para o outro e, por fim, alinhe claramente as expectativas ao iniciar e completar cada uma delas.

Capacidade de executar as estratégias da empresa com mais agilidade

Outra grande vantagem do alinhamento, é a capacidade de executar as estratégias da companhia com mais agilidade e precisão. Isso ocorre porque os diretores e gerentes conseguem alocar os seus recursos com mais eficiência, bem como evitam esforços de duas equipes distintas para atingir um mesmo objetivo. Ou seja, os gerentes conseguem compreender claramente todas as responsabilidades atreladas a uma determinada meta, eliminar tarefas e projetos duplicados e direcionar as suas equipes para metas que contribuem para os objetivos da empresa.

Redução da rotatividade de colaboradores

Como mencionamos anteriormente, o alinhamento de metas permite que os colaboradores estejam mais engajados com seu trabalho, gerando índices menores de rotatividade. Uma pesquisa da Gallup constatou que as empresas com mais engajamento chegam a um índice 25% menor para empresas com alta rotatividade e até 65% menor para empresas com baixa rotatividade. Outro dado interessante é que a taxa de abstenção chega a ser 37% menor nessas organizações. Sendo assim, a gestão de metas permite que o colaborador visualize qual foi o seu papel para as conquistas da empresa e saiba que o seu trabalho pode gerar resultados. A aplicação de um modelo de gestão também permite criar um sistema de incentivos para reconhecer tanto as equipes como os funcionários individualmente.

Por fim, é relevante destacar que empresas de pequeno e médio porte dependem ainda mais da gestão de metas, uma vez que seus colaboradores são o seu maior custo e maior recurso. Em oposição às grandes empresas que podem investir em mais tecnologia, infraestrutura e diversos outros recursos. Diante desse contexto, a melhor alternativa para essas empresas é que seus funcionários estejam em um processo de melhoria contínua, ou seja, façam parte de uma estrutura sólida de gestão de metas.
Que tal começar a transformação agora mesmo em sua empresa? Estamos disponibilizando licenças gratuitas do Timo, nosso software de gestão de metas. Tudo que você tem que fazer é ser uma das 20 primeiras empresas a se inscrever e nos contar o que você achou. Acesse agora e inscreva-se!

 

* Livro: Organização Orientada para Estratégia por Robert S. Kaplan e David P. Norton da Harvard Business School

 

César Palmieri é CFO da inove

 

Imagem: Freepik