Ter um ERP bem implantado é uma das principais soluções para empresas que pretendem otimizar a sua gestão empresarial de forma integrada, reduzindo custos e melhorando os processos internos de sua administração. Ele integra várias partes de um negócio, sendo altamente personalizável e ajudando na melhoria dos serviços de uma empresa.

Ainda assim, a adoção de um sistema integrado de gestão empresarial costuma ser um grande desafio. Os fatores que podem influenciar o sucesso da migração para um ERP são amplos. Diante disso, é necessário que a empresa e os seus líderes tenham um grande comprometimento na busca pelo sucesso do projeto.

Quer saber como isso é possível? Então leia o nosso post de hoje!

Como a implantação de um sistema de gestão empresarial garante eficiência para seus processos internos?

O ERP é capaz de alterar profundamente a forma como a empresa trabalha. Ele elimina uma série de processos repetitivos, reduz custos, otimiza o fluxo de informações e a confiabilidade dos dados internos. Nesse sentido, os processos de tomada de decisão e de resposta às falhas são melhorados profundamente.

Para o usuário, o ERP representa uma forma mais simples de trabalhar. Ele terá mais facilidade para utilizar informações de terceiros, realizar as suas rotinas diárias e auxiliar outros setores.

O que pode garantir o sucesso na implantação de ERP

A implantação de sistema de gestão empresarial é um processo que envolve várias etapas, e cada uma delas possui um grau de influência no sucesso da iniciativa. O escopo deve estar bem definido, assim como as métricas e o nível do suporte. Para isso, o planejamento inicial é indispensável.

Todas as etapas devem ser devidamente documentadas, de modo a auxiliar nas próximas iniciativas e facilitar a resposta a eventuais problemas. Além disso, o acesso a uma boa documentação diminui o impacto negativo que um novo ERP pode ter na empresa durante o período de adaptação.

Algumas pessoas podem enfrentar resistências para lidarem com novas ferramentas. Nesse caso, a gestão da mudança irá tornar todo o processo de migração mais fluido e amigável.

Toda a governança do projeto deve ser focada na conciliação dos objetivos e metas definidos pela empresa com a experiência do usuário na utilização da nova ferramenta. Portanto, os profissionais responsáveis pelo gerenciamento da mudança organizacional devem atuar ao lado de times de desenvolvimento e suporte para criar um fluxo de trabalho contínuo e de alta flexibilidade.

Todo o processo de implementação deve ser acompanhado pelos líderes da empresa. Metas, indicadores e prazos precisam ser controlados regularmente para garantir que tudo esteja dentro dos prazos combinados. Como consequência, todos os requisitos iniciais do projeto poderão ser atendidos pela consultoria de TI e de negócios responsável pela implantação do ERP.

Como melhorar a gestão operacional da empresa

O uso de um ERP é estratégico em qualquer tipo de negócio. Os sistemas de gestão melhoram o funcionamento de empresas, ampliam o seu potencial produtivo e simplificam processos. As boas práticas de gestão da atualidade indicam o ERP como uma ferramenta indispensável para registrar, compilar e sistematizar os dados que servirão de apoio à tomada de decisão dos diretores das empresas, ao lado do CRM para uma gestão mais eficaz e otimização da experiência dos clientes com a marca de sua empresa.

O sucesso da adoção de um ERP irá depender diretamente do comprometimento de todos os profissionais envolvidos na iniciativa. A metodologia utilizada pelo fornecedor, a aderência a prazos, a integração do sistema aos requisitos do cliente e a organização utilizada são fatores críticos dessa empreitada.

Gostou do texto? Na sua opinião, quais são outros fatores de sucesso para uma implantação de ERP? Conte pra gente nos comentários abaixo!