A gestão de relacionamento com os clientes é uma estratégia fundamental em um mercado de tanta concorrência como o atual.

Ao longo do tempo, muitas pesquisas já mostraram que adquirir um novo cliente pode custar até cinco vezes mais do que manter fiéis os compradores que já conhecem seus produtos e serviços. Nesse caso, vale muito a pena ter em mãos rapidamente e da maneira mais precisa os dados de seus clientes para que as equipes de gestão, vendas e marketing sejam capazes de nutrir ainda mais as relações com o público-alvo e potencializar os resultados das operações e processos.

Por isso, uma das coisas mais importantes a se fazer é armazenar os dados dos clientes da melhor forma, para que fique fácil acessá-los e usá-los com mais precisão e qualidade. Você sabe por que centralizar essas informações pode ser um diferencial estratégico para o seu negócio?

Descubra neste post as vantagens de ter um sistema que auxilia o negócio a centralizar dados de clientes:

Conheça mais sobre seus clientes

Com todos os dados agrupados e o histórico de compras e demais ações de cada um dos consumidores, fica bem mais fácil avaliar a jornada do cliente e o relacionamento que ele tem com a sua empresa.

Dessa forma, é possível transformar esses dados em informações para tomar melhores decisões e traçar estratégias que tenham um retorno garantido.

A equipe de vendas conseguirá elaborar uma análise de perfil bem mais acertada de cada cliente por meio de um cruzamento de dados e apreciação sistemática. A partir daí, você ganha “munição” para criar estratégias de marketing, vendas e pós-vendas mais segmentadas e aproximar o seu relacionamento com os clientes.

Esse tipo de estratégia tem ganhado força com a popularização de ferramentas de Big Data. Por meio da análise de uma grande quantidade de dados, tais softwares podem auxiliar analistas a encontrarem tendências, padrões de comportamento e compreender a recepção de seus produtos no mercado. Assim, as empresas podem otimizar o seu portfólio de serviços e ganhar mais capacidade de atender às demandas do mercado.

Para que tais soluções sejam eficazes, a empresa deve contar com um conjunto de registros armazenados internamente de alta precisão. Com o auxílio de bancos de dados otimizados, o negócio consegue manter informações íntegras e prontas para análise.

Oriente adequadamente seus planos de ação

Com um sistema de CRM ou banco de dados centralizado, é possível melhorar o retorno sobre o investimento que a empresa fará em suas campanhas de marketing, otimizando as suas ações de relacionamento com os clientes.

O CRM, nesse caso, atua como um hub de registros sobre vendas, reclamações, atendimentos do suporte e outros momentos em que a empresa entrou em contato com o seu público-alvo.

Diante disso, o seu uso deve ser visto com um fator estratégico. Ao obter dados sobre o histórico de um cliente rapidamente, o setor de pós-vendas, por exemplo, consegue prestar um atendimento com maior qualidade. Isso será crucial para que o negócio consiga fidelizar mais consumidores a médio e longo prazo.

Como citado anteriormente, o banco de dados permite identificar as preferências e demandas de consumo de cada cliente, de forma a dar tempo para adaptar as estratégias do negócio e as ferramentas empregadas para vender mais e conseguir mais satisfação do público.

Sendo integrados a ferramentas de Big Data, a empresa poderá ter processos com um direcionamento melhor e que sejam mais lucrativos.

Amplie a qualidade de seu acervo de informações

A tecnologia de centralização de dados só vai dar certo se os registros contidos na ferramenta forem qualificados e confiáveis.

Com o tempo e o volume de informações aumentando, uma boa ideia é atualizar os dados e conferi-los sempre que possível, testando e avaliando o que pode funcionar nas várias ações de mercado. Eles precisam ser consistentes, inteligíveis e bem organizados.

Se você pensa que controlar os dados de seus clientes pode ser algo extremamente complexo, pense em deixá-los registrados em um único lugar e de uma forma simples para mudar e acessá-los a qualquer hora.

Com uma solução de CRM, você será capaz de centralizar dados de clientes ao cadastrar os compradores, seus fornecedores e os demais colaboradores de seu negócio, otimizando todos os processos. Isso vai te dar a chance de entrar em contato com a pessoa certa, tendo as informações certas e na hora certa.

Tenha disponibilidade ampliada de acesso

Outro ponto a se atentar é a necessidade de manter sistemas de armazenamento e centralização de informações com alta performance a médio e longo prazo. Isso será feito por meio de uma gestão estratégica, focada em alinhar a solução de acordo com o perfil do negócio. Dessa forma, elas podem ter a sua disponibilidade ampliada.

Nesse sentido, a atualização de tais ferramentas deve ser feita constantemente. Isso dá o acesso a novos recursos, otimiza o desempenho do software e elimina uma série de problemas de segurança. Além disso, o negócio deve sempre buscar otimizar a configuração dos seus equipamentos de acordo com o seu perfil de uso.

Melhore a segurança dos dados

As políticas de segurança devem ser realinhadas com uma infraestrutura cujo perfil inclui uma ferramenta para centralizar dados. Novos controles de acesso devem ser criados, isso impedirá que pessoas obtenham acesso a registros de terceiros sem a autorização necessária.

Outro ponto a ser destacado é a necessidade de criar políticas de backup. Todo banco de dados ou CRM irá armazenar uma grande quantidade de informações a médio e longo prazo. Justamente por isso, o negócio deve garantir que tais informações estejam disponíveis para serem recuperadas caso algo de errado ocorra.

Tais políticas devem ser definidas de maneira abrangente. CRMs e bancos de dados críticos podem ter as suas informações copiadas com mais frequência, garantindo que um número menor de registros será perdido após uma falha. Se possível, esse processo pode ser automatizado, garantindo mais agilidade e segurança para o usuário.

Além disso, a empresa deve adotar múltiplas soluções para armazenar cada backup. Ferramentas de cloud storage e mídias externas, por exemplo, dão ao empreendimento a segurança de que os seus sistemas serão restaurados rapidamente, independente do contexto da falha de software ou hardware.