A implantação de um CSC pode ser feita de forma geral ou por áreas, e ainda na totalidade de sua abrangência ou por etapas de maturidade, que passam por padronização, centralização e por fim centro de serviços.

Na primeira, padronizam-se os processos e o sistema de gestão. Num segundo estágio centralizam-se as pessoas e a gestão em uma célula dedicada ao atendimento.

Por fim, cria-se uma organização independente, tendo uma visão do solicitante como cliente, a entrega orientada a acordos de nível de serviço, uma cultura de medição de performance e um controle do processo de ponta a ponta.

 

Leia nosso e-book e saiba tudo o que a solução de Centro de Serviços Compartilhados pode fazer pela sua empresa!

[download id=”7888″]