Especialistas de mercado apontam que o brasileiro demora cerca de 110 dias para organizar sua gestão tributária, o que significa quase quatro meses de trabalho.

De modo geral, o gerenciamento financeiro não é algo simples, mesmo em países onde o sistema tributário não é tão complexo quanto o do Brasil. Não é à toa que 81% das empresas no mundo implementaram ou estão implementando um sistema ERP, segundo a Panorama Consulting. Além de automatizar os processos e oferecer mais agilidade, garante mais assertividade e permite melhor planejamento.

Mas, utilizar um sistema ERP apenas para este fim é subaproveitá-lo. A mesma pesquisa informa que 35% das empresas destinam até 3% de sua receita anual para implementação do ERP. Um valor bastante significativo para gerir um único departamento.

O “X” da questão é que um ERP não é apenas um depósito de informações e, por isso, não deve “viver” sozinho. Ele precisa estar conectado a uma série de ferramentas como aplicações de edição de texto, planilhas, e-mail, entre muitas outras, para ser mais eficiente. Neste sentido, o Dynamics AX da Microsoft oferece grande vantagem, pois integra todos estes módulos conhecidos da maioria dos usuários no mundo, tornando a interface totalmente amigável e favorecendo a usabilidade, já que está alinhado com a tendência do uso de aplicativos corporativos, o que é bastante comum no mundo físico.

Visão 360º da empresa

Utilizar o ERP somente para o backoffice de uma empresa, significa ter uma visão parcial do negócio. Ao usar apenas os módulos financeiro, fiscal, compras e vendas em uma empresa que tem como operação principal, serviços, projetos ou logística, boa parte dos benefícios do ERP será perdida, pois a implementação não estará alinhada ao seu core business. Empresas de prestação de serviços, por exemplo, requerem um módulo de projetos para acompanhamento dos detalhes de cada job, como cronograma e ações executadas, e do módulo financeiro, para ter melhor controle do orçamento e despesas realizadas. Já empresas focadas em manutenção precisam do módulo de serviços para controlar ordens de serviço e faturamento, enquanto que empresas de logística necessitam de módulos que gerenciam armazém e transporte. Ignorar ou não possuir estes recursos no ERP é subaproveitá-lo, já que seriam fundamentais para melhor controle e planejamento destes processos.  Mais uma vez, o AX já inclui o módulo de controle de serviços, projetos, WMS (gestão de armazém), TMS (gestão de transportes), permitindo fazer uma análise mais ampla – diferente de outras soluções do mercado – além de possuir integração nativa e totalmente segura com o Dynamics CRM e Azure (Nuvem). O sistema da Microsoft também possibilita a maior customização do mercado, uma vez que foi construído em diversas camadas, que podem ser alteradas de acordo com a necessidade, e sem modificar o centro da aplicação. A nova versão do AX, (AX7) que deve ser lançada no final do ano no Brasil, traz também o acesso 100% em versão mobile com layout responsivo (adaptável ao dispositivo que está acessando) em todas as aplicações.

Mais estratégia

Ainda que a maioria das empresas tenha adotado o ERP –, sendo que 58% identificaram melhorias em processos-chave – apenas 24% obtiveram melhorias em todos os seus processos. Isso ocorre porque alguns dos softwares, inclusive os considerados mais tradicionais, não possuem módulos de projetos, serviços, WMS e TMS, deixando de lado o negócio principal da empresa (Core Business). O Dynamics AX, por exemplo, já possui todos estes módulos, e ainda inclui 16 cubos de BI prontos, que podem ser visualizados em painéis na nuvem, com o Power BI, ou através do Excel. Além de reduzir custos, uma vez que não requer novos investimentos neste setor, elimina os diversos problemas de integração entre diferentes fornecedores.

Para aproveitar ao máximo o sistema ERP, é preciso buscar muito mais do que uma simples tecnologia, mas sim uma plataforma aliada aos objetivos de negócios. Contratar consultorias que ofereçam soluções robustas e completas com especialistas que podem reunir todos os serviços de um único fornecedor, certamente, é mais vantajoso para as empresas, que podem aproveitar ao máximo os seus investimentos, integrando todos os serviços de maneira mais prática e eficiente.

Quer descobrir novas possibilidades de uso do seu ERP? Fale com a inove e nossos consultores certamente poderão ajudar sua empresa: faleconosco@i9tec.com.br ou (11) 4688-0903