A customização pode ser considerada um risco quando feita em excesso. No entanto, grande parte dos projetos de ERP precisam de algum tipo de modificação para atender melhor às necessidades de uma empresa.

Com isso, algumas empresas acabam fazendo customizações desnecessárias, embora grande parte delas entendam os riscos de fracasso da implementação e possíveis custos desse tipo de ação. Isso ocorre porque essas organizações não planejaram e nem se organizaram para o processo de implantação do novo sistema.

Para que isso não aconteça com a sua empresa, siga as seguintes dicas.

Entenda que grande parte das implementações de ERP precisam de algum tipo de customização.

Não cometa o erro de iniciar o projeto com nenhuma customização prevista. Isso leva a empresa a defini-las no meio do projeto, tomando decisões com pressa e sem o tempo necessário para avaliar se elas de fato serão necessárias. Com isso, a organização também corre o risco de fazer modificações que não funcionam de maneira eficaz e podem comprometer a operação. Para evitar essa situação, é muito importante defini-las previamente junto a consultoria que irá implementar o ERP.

Concentre-se em como os novos processos devem ser e não em como eles são atualmente

Como já mencionamos em outros textos, um grande erro é se concentrar nos processos atuais e como adaptá-los ao novo sistema. Pense em como eles devem ser, porque eles serão mais eficientes que os antigos e quais funcionalidades do ERP vão atendê-los. Somente depois dessa análise e reestruturação que deverão ser pensadas customizações que atendam aos processos que não são completamente funcionais no ERP. Lembre-se também que nem todos os processos sugeridos pelos setores de sua empresa de maneira isolada são ideias, pois é necessário ter uma visão geral das operações da empresa para avaliá-los. Sendo assim, não aprove nenhum processo ou customização sem revisar a proposta.

Faça um bom proveito das configurações do novo software

Entenda que existe uma diferença entre customização e configuração do ERP. Um sistema como o Microsoft Dynamics AX oferece uma grande variedade de configurações que podem evitar o excesso de customizações. Portanto, quando estiver planejando a implantação do novo ERP, já defina os ajustes necessários junto a consultoria responsável pelo projeto.

O sistema de ERP não é feito sob medida

Embora a tendência seja automatizar e aumentar a produtividade, nenhum ERP, por mais robusto que seja, é feito sob medida para executar todas as funções que a empresa deseja. Além disso, algumas tarefas ainda precisam da validação e intervenção humana. Entender que o sistema de ERP não deve fazer absolutamente tudo, ajuda a diferenciar as customizações relevantes das que não trazem nenhum tipo de benefício para a empresa.

Por fim, lembre-se que a necessidade de fazer customizações não é algo negativo. Algumas delas podem ser estratégicas para a sua empresa e trazer mais benefícios e competitividade. Uma boa maneira de reduzir os riscos de uma implementação e definir as estratégias de negócio da empresa, seria fazer um estudo de implantação. Dessa maneira, a empresa estará bem informada na hora de tomar decisões relativas ao projeto de ERP junto a consultoria contratada. Você sabia que além de implementar o Dynamics AX, a inove também faz estudos de implantação?

Se você quiser saber mais sobre os nossos serviços, entre em contato com a gente através do e-mail faleconosco@i9tec.com.br.