Como já comentamos anteriormente, muitas empresas decidem trocar o software de ERP somente quando o projeto se torna uma urgência. Geralmente, elas esperam que o software se torne completamente ineficiente ou que a versão já não tenha mais suporte do fornecedor.

Um dos motivos que levam a essa situação, é o medo de que o projeto fracasse e traga mais prejuízos do que benefícios para a empresa. Outros motivos, incluem o que é observado no mercado e em pesquisas da área, como o alto índice de fracasso em implementações de ERP e o baixo número de empresas que atingem ROI nesses projetos.

Por outro lado, decisões tomadas com urgência e baseadas em medo, podem ser um dos fatores que levam um projeto ao fracasso. Para minimizar esses riscos, listamos abaixo 3 dicas que podem ser aplicadas à sua implantação de ERP.

Inicie o projeto de ERP com foco na evolução do seu modelo de negócios

Ao invés de pensar apenas na tecnologia a ser implementada e em sua qualidade, comece seu planejamento com o intuito de alavancar os negócios. Se uma instituição se concentra na tecnologia, ela corre o risco de negligenciar fatores essenciais para o sucesso do novo sistema de ERP, como a reestruturação dos processos de negócio e a gestão da mudança organizacional. Por outro lado, projetos com foco em alavancar negócios, tem maiores chances de sucesso porque se concentram em trazer resultados para a empresa. Como o ERP é um software complexo, é muito fácil se prender nos aspectos técnicos.

Escolha uma consultoria que faz o software funcionar a favor dos resultados do seu negócio

Procure por uma consultoria que além de aplicar o sistema com qualidade, saiba fazer com que ele funcione a favor do seu negócio e das suas estratégias. Se a empresa não tem experiência em planejamento, reestruturação de processos, gestão de mudança organizacional e outros fatores de sucesso, a consultoria deve fazer esse papel. Além de orientar sobre o passo a passo do projeto, a empresa também pode oferecer o serviço de estudo de implantação, que é outra maneira de reduzir os riscos.

Dê prioridade a Gestão de Mudança Organizacional (Change Management) e treinamento

Os fatores que mais influenciam no sucesso de uma implantação são a Gestão da Mudança Organizacional/Change Management e o treinamento. Embora ter um sistema otimizado e funcional seja essencial, o mais importante é que a empresa esteja pronta para usá-lo. Afinal, ele será operado por pessoas que precisam ser receptivas a mudança e treinadas para executar os novos processos. Se os colaboradores não veem a troca de ERP como uma mudança positiva, maiores serão as chances de resistência ao software. Consequentemente, essa situação pode gerar gastos causados por uma interrupção nas operações da empresa. Portanto, escolha uma consultoria que avalie o preparo da instituição e treine os seus colaboradores antes do “Go-Live”.

Infelizmente, não é possível eliminar todos os riscos de um projeto de ERP. As dicas acima são uma base para iniciar uma implementação de sucesso. O conteúdo da inove visa ajudar o cliente a entender o processo de aplicação de um ERP como o Microsoft Dynamics AX. Além de oferecer esse serviço, nós também oferecemos estudos de implantação, treinamento, recuperação de projeto e Change Management.

Se você quiser saber mais sobre os nossos serviços, entre em contato conosco através do e-mail faleconosco@i9tec.com.br